Aprendizado sobre cooperativismo favorece crianças e jovens

Com vasta experiência em avaliar programas e políticas públicas direcionadas às populações vulneráveis, principalmente adolescentes e jovens, a JS Brasil Consultoria foi chamada para realizar a Avaliação de Impactos de um projeto muito interessante: o Cooperjovem. O Cooperjovem é um programa da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), desenvolvido em âmbito nacional pelo Serviço Nacional de […]

Leia mais

Pesquisa ajuda o Ministério do Desenvolvimento Social a aprimorar políticas públicas para jovens

Os adolescentes e jovens entre 12 e 29 anos compõem aproximadamente 20% da população brasileira. Uma faixa etária significativa que carece de políticas públicas eficientes nas áreas da educação, saúde, lazer, formação profissional, emprego e renda, especialmente para aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social e econômica. Para desenvolver políticas públicas condizentes com […]

Leia mais

Desenvolvimento na primeira infância: uma das chaves para superar a vulnerabilidade à pobreza

Já é de largo conhecimento científico que a primeira infância é um período crítico para o desenvolvimento cognitivo, social e psicológico, e, devido à falta de estímulos durante essa fase da vida, muitos adultos não atingem seu potencial. O Caderno de Estudos Desenvolvimento Social em Debate n° 28 (SAGI/ MDS, 2017), apresenta estudos e evidências […]

Leia mais

A JSB publica artigo científico na SEMINA: CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS, v. 35, n. 2 (2014)

O artigo está publicado originalmente em inglês e é intitulado: Validity and consistency analysis of a social transformation scale for the impact evaluation of the ViraVida program (Análise de validade e consistência de uma escala de transformação social para a avaliação de impacto do programa ViraVida). O ViraVida proporciona assistência integral a adolescentes e jovens […]

Leia mais

Avaliação de Impacto na Educação

No mundo moderno, assume destaque o investimento no ser humano. Tem-se, de um lado, a educação como um bem de consumo, na medida em que é desejada por si própria, ou considerada recompensadora e intelectualmente estimulante em si mesma. Por outro lado, a educação é claramente considerada um bem de capital ou investimento, na medida […]

Leia mais